Como as cores podem influenciar nas vendas da sua farmácia.

As cores sempre estiveram presentes desde o começo da história do homem, elas fazem parte mais das necessidades psicológicas do que das estéticas, principalmente quando isso está ligado ao PDV.

O ponto de venda (PDV) é um local de extrema importância para um negócio. É por lá que as experiências dos usuários acontecem, principalmente para decidir uma compra. Por esse motivo, construir um PDV de qualidade é fundamental para atrair e conquistar o consumidor desejado, para isso as cores são essenciais.

Um exemplo? Vermelho e laranja são tidos como cores quentes (fortes), já o azul e o branco seriam o oposto: cores frias. Mas o que isso significa? Cores quentes aparecem relacionadas à euforia, agitação. Já as frias se relacionam com a racionalidade, trazendo clareza e calmaria, o que pode auxiliar na hora da decisão da compra.

Para entender como isso funciona na prática, basta inverter a posição do olhar sobre o tema.
Ao invés de se colocar como um tomador de decisões desse ambiente ao sair às compras, que tal observar suas percepções como cliente? Perceba exatamente o que te atrai e o que te repele, além de identificar como muitas vezes compramos um produto em uma loja pela experiência vivida naquele espaço.

Entendendo o olhar do cliente, fica mais fácil utilizar as cores como uma ferramenta que coloquem o consumidor em primeiro lugar. Dessa forma, é possível não apenas aumentar as vendas, mas converter com mais qualidade, gerando experiências positivas na hora da compra e fidelizando seus consumidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *